Tag -Financiamentos

1
Tire sua dúvida: Como parcelar?
2
Alternativas para o décimo-terceiro
3
Tire sua dúvida: Financio o terreno?

Alternativas para o décimo-terceiro

number-605342-Blogdozent

Com a chegada do final do ano, empregadores têm até 30 de novembro para pagar a primeira parcela do décimo terceiro e até 20 de dezembro para pagar a segunda a seus funcionários, uma graninha extra que pode fazer a festa para quem está empregado.

Leia mais

Tire sua dúvida: Financio o terreno?

billboard-63978_blogdozent

A dúvida: Um gentil leitor e colaborador do blog me enviou email com a seguinte dúvida: “Surgiu a oportunidade de adquirir um lote no valor de R$520 mil à vista ou com os seguintes parcelamentos: (1) 400 mil de entrada + 24 fixas de 2 mil + 144 mil no 25º mês = R$ 592 mil; (2) 300 mil de entrada + 24 fixas de 3 mil + 240 mil no 25º mês = R$ 612 mil. Tentei avaliar se valia a pena aplicar a diferença entre o valor à vista e o da entrada no plano parcelado e deixá-lo render durante os 24 meses. No entanto, me enrolei nas correções e partir para outra estratégia: Trouxe os valores finais do parcelamento (com exceção da entrada, obviamente) para o dia de hoje (a uma taxa 0,8% a.m.). Para ambos os casos, os valores presentes foram maiores que o valor à vista. Assim sendo, posso concluir que vale a pena pagar à vista?

(1) Primeiro cuidado: Em questões deste tipo – aquisições à vista ou financiadas – o objetivo é obter a resposta sobre financiar ou não. Não está em jogo, portanto, se a compra do terreno (ou de qualquer outro item que você, meu querido leitor, esteja pensando em ter) é adequada ou não. Diria até mesmo ser uma interferência de minha parte, dar qualquer palpite sobre as intenções individuais, não é mesmo?

(2) Segundo cuidado: Em qualquer avaliação, costuma-se utilizar uma taxa de juros para servir como custo de oportunidade do dinheiro. Pelo que entendi, o leitor usa 0,8% ao mês, possivelmente por estar obtendo esta rentabilidade em suas aplicações financeiras e, corretamente, não faz projeções sobre o que ocorrerá com a taxa no futuro, até mesmo porque sua decisão é hoje. Chamo apenas a atenção de que não tem sido fácil de obter a taxa citada nas aplicações tradicionais, se considerarmos a tributação.

(3) Primeiro método: O próprio leitor sugere dois caminhos: no primeiro, a diferença entre o preço à vista e o parcelamento seria aplicada e, a cada mês, uma retirada da aplicação cobriria os valores do financiamento. Critério de decisão: valerá à pena financiar se, feitas as contas e após ter pago todos os compromissos, sobrar algum dinheiro na aplicação. O grande problema desta abordagem é quando existem diferentes planos com prazos distintos – por exemplo, uma proposta com 24 meses e a outra com 36 meses – já que não é possível comparar valores em prazos distintos sem cálculos adicionais.

(4) Segundo método: O preferido por quem trabalha com avaliações – e o que foi feito pelo leitor – é achar o valor presente das diferentes propostas… Trocando em miúdos, o método encontra o valor que você precisaria ter hoje aplicado à taxa de oportunidade para conseguir efetuar todos os desembolsos necessários. Critério de decisão: opte pela proposta com o menor valor presente.  Diferentemente do método anterior, como todos os valores a comparar estarão no mesmo momento (hoje), não haverá problemas com planos de prazos distintos.

(5) A resposta: Fazendo-se as contas, chego à conclusão de que a melhor proposta é a aquisição do terreno à vista por R$ 520 mil, pois pelo primeiro plano de financiamento seria necessário ter R$ 561.506 hoje (para pagar a entrada e, com o saldo restante na aplicação, pagar os R$ 2 mil mensais acrescidos dos R$ 144 mil ao término do 25º mês) e pelo segundo plano, R$ 561.925, para fazer frente aos respectivos compromissos.

(6) Parabéns duplos ao distinto leitor: (a) pelo raciocínio claro e correto o que o levou à decisão acertada; (b) por me ajudar a cumprir a tentativa que anunciei na coluna de despedida do Globo, de postar mais do que uma única coluna semanal. Aliás, por falar nisso, o que acham da ideia de reservarmos as sextas para posts com dúvidas de vocês? Acessem a opção CONTATO no campo superior direito do blog e participem. Os casos serão apresentados e, salvo orientação explícita, seus dados pessoais não serão publicados, que tal?

Um grande abraço e até a próxima (coluna ou dúvida)!

Copyright © BlogdoZent. Criado por Designend.

View in: Mobile | Standard